Tendências NRF Big Show 2016: sua empresa está preparada para o futuro?

0

Personalização massificada: isso existe?

Por definição, essas duas palavras não deveriam aparecer juntas em uma mesma frase, correto? Pois é… Mas o mundo moderno desenvolveu processos que viabilizam a customização, tecnologias que permitem a produção em escala e a distribuição em âmbito global.
Ou seja, o futuro do consumo para quem quer conquistar o shopper pela entrega de experiências é vender a ideia de personalização e apostar em um portfólio cada vez mais extenso. Assim, é possível entregar “sensação de exclusividade” e assegurar os ganhos por meio do volume. É uma nova leitura da já conhecida segmentação.
Edições temáticas especiais voltadas para um determinado nicho, tiragens limitadas, embalagens assinadas por artistas e produtos colecionáveis com lançamentos de curto ciclo de vida são algumas das possibilidades de aplicação prática dessa tendência. O cliente quer ter a sensação que o produto é exclusivo ou foi produzido pensando nele.

Mobile: poder ao alcance dos dedos
A velocidade das transformações tem sido brutal desde que os nossos consumidores passaram a estar conectados. Sempre online, em qualquer local. A Internet e os smartphones criaram um novo cliente: com acesso à informação a todo tempo e lugar.
Como o seu negócio pode usar a conectividade a seu favor, independente do porte da empresa?
Mesmo que não esteja pronto para vender seus produtos por meio do comércio eletrônico, ou ainda longe do profetizado mercado integrado e multicanal, exista para o seu cliente neste universo paralelo e inevitável: o mundo virtual. Esteja presente no máximo de “meios” digitais possíveis: redes sociais, site, aplicativos. Seja facilmente encontrado. Esteja acessível para o cliente interagir com a sua marca com a simplicidade de apenas um clique.

Relevância: qual o seu propósito?
Não dá para ser tudo para todos o tempo todo. Então, tenha em mente a resposta desta pergunta: Qual o propósito do seu negócio?
Por definição, propósito é o modo único pelo qual sua marca fará a diferença no mundo. Uma empresa com propósito não pensa apenas em seus clientes, mas também em seus colaboradores e na sociedade como um todo. Pergunte-se: o que o mundo perderia caso sua empresa deixasse de existir?
E deixe a resposta inspirar você e todos que interagem com seus produtos e sua marca. Precisa ser uma resolução, praticada diariamente e reforçada na cultura organizacional. Não vale ser um quadro na parede.
Se o propósito do seu negócio for relevante, você não terá clientes e sim seguidores.
Ah, e #ficaadica: ter um propósito muda tudo, inclusive a sua vida pessoal. Pessoas com propósitos levantam mais motivadas diariamente.

Vida longa ao vintage!
Essa é uma tendência que nunca deixará de existir, pois o tempo faz com que ela própria se reinvente. Vintage remete ao passado, no mínimo 20 anos antes do tempo atual. Vintage é o clássico, o antigo, o retrô. Quanto mais usado, gasto, mais impregnado de história. Apostar nesse estilo é ter a certeza de projetos de personalidade, ricos em elementos, apelo emocional e uma infinidade de adeptos que adoram viajar no tempo. Importante: é um revival, uma releitura, mas com referências e usabilidade do momento presente.

Luxo acessível
Mais uma aparente contradição: o conceito de luxo prega que seja para poucos, para os “escolhidos”. No entanto, essa tendência nos revela que a maioria das pessoas quer ter acesso às “boas coisas da vida”. Talvez não possamos com frequência, mas em algum momento, nos permitimos ser arrebatados pelo “melhor”, por assim dizer.
Resumidamente: é a elevação do simples para o especial. Quer exemplo dessa tendência na prática? Cafés gourmets, cervejas especiais e muito mais!

Quem não gosta de uma boa história?
Histórias bem contadas inspiram, entretêm e, acima de tudo, promovem transformações. Por meio de histórias podemos nos conectar. Uma boa história pode nos ligar emocionalmente.
Será que existe maneira mais eficiente de ganhar o coração do seu cliente?

Não ignore os Millennials
Nascidos a partir de 1980, eles não podem ser ignorados. Sempre conectados, bem informados e exigentes, são agentes transformadores. Influenciam as gerações anteriores e abrem caminho para a próxima descendência, os já batizados de Geração Z.
Os Millennials se relacionam de forma completamente diferente com marcas, produtos e serviços. São impacientes e querem alta qualidade pagando pouco. Podem ser contraditórios: são consumistas, mas exigem relevância daquilo que consomem. Preferem o entretenimento, a experiência e, acima de tudo, a atitude.
Como seu produto, serviço ou marca se relaciona com esse consumidor inquieto, formador de opinião e altamente meticuloso?

Colaboração gera competitividade
Troca de experiências entre organizações, interação, complementação de recursos, acesso livre a informações antes estratégicas. Essa é a “nova ordem mundial”.
Enfrentar desafios sozinhos será cada vez mais difícil, com a velocidade que a modernidade impõe. Juntos somos mais competitivos!

Dica de sobrevivência no mercado: excelência na execução. Simplicidade e boa experiência de consumo
Produto ou serviço que cumpra o prometido. Experiências positivas ao consumir. Relacionamento transparente.  Informações claras, simples e intuitivas. É isso que o consumidor espera do seu produto. Descomplique!

Fonte: Marcos Gouvêa e Sousa – Diretor da GS&MD na Road Show Pós NRF.